Por que o Partido Comunista Brasileiro (PCB) participa de eleições em um sistema eleitoral injusto como o nosso? Para vencer, com certeza! Porém, vencer não significa apenas vencer a eleição, mas obter vitórias políticas. No caso do Triângulo Mineiro, um dos objetivos do PCB em participar das eleições é organizar o partido nessa região.

Neste sentido, as pré-candidatas da Frente de Esquerda Minas Socialista ao Governo do Estado de Minas Gerais, companheiras Dirlene Marques (PSOL)Sara Azevedo (PSOL), estiveram presentes em uma atividade política do Comitê Popular de Campanha da Frente Minas Socialista na cidade Uberaba, MG, no dia 6 de agosto. O ato, mediado pelas camaradas do Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro (CFCAM), foi uma oportunidade em que as companheiras Dirlene e Sara apresentaram suas propostas e debateram, entre outros assuntos, a condição das mulheres no Estado e no país, em especial a questão dos direitos da mulher, defendendo a legalização do aborto no Brasil, seguro, até a décima-segunda semana de gestação, para combater as mortes de milhares de mulheres que realizam esse procedimento de maneira insegura, por ser atualmente ilegal no Brasil. Nos países socialistas – Cuba, China, Vietnã, Coréia Democrática – bem como nos países capitalistas desenvolvidos, o aborto é legal e garantido como um direito das mulheres.

Houve também a divulgação de outros nomes de pré-candidatos da Frente Minas Socialista, como os do Professor Túlio Lopes (PCB), pré-candidato ao Senado Federal por MG, da camarada Renata Regina (PCB), pré-candidata à Câmara Federal por MG, e do camarada Daniel Cristiano (PCB), pré-candidato a Deputado Estadual em MG. A atividade contou com a presença de militantes do Partido Comunista Brasileiro (PCB), do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), do Movimento do Trabalhadores Sem-Teto (MTST), da União da Juventude Comunista (UJC), do Grupo de Estudos Étnico-Raciais e de estudantes universitários. 

Com atividades como esta, a pré-campanha da Frente de Esquerda Minas Socialista está avançando em Uberaba e região. É importante destacar que ano, pela primeira vez na história, o Partido Comunista Brasileiro (PCB) apresenta uma pré-candidatura no Triângulo Mineiro. Trata-se do camarada Pedro, o Cabo Franco (PCB), policial militar e militante do PCB em Uberlândia, MG, pré-candidato a Deputado Federal pelo Partidão!

O PCB, partido que prima pela unidade de ação entre toda sua militância e seus diversos coletivos nas diversas frentes da luta de classes, estará dedicado às pré-candidaturas no Triângulo Mineiro, dando à população a oportunidade de votar em candidatas e candidatos que representam a classe trabalhadora!