É incrível como o medo é usado pela extrema direita ultra liberal como o famigerado Trump, multimilionário burguês norte-americano e atual Presidente dos Estados Unidos, candidato à reeleição para um segundo mandato.

O povo norte-americano é bombardeado diuturnamente com uma perversa campanha, através do rádio, da televisão, dos jornais, do cinema e das artes em geral, da literatura, mistificando a ideia do socialismo como um regime mau.

Aliás, essa postura não é exclusiva do republicano Trump, ela foi usada por outros mandatários norte-americanos, como por exemplo o Bush pai e o Bush filho por ocasião não só da invasão do Iraque, como no caso das Torres Gêmeas.

Disseminar o medo é uma política bastante exitosa em se tratando do povo norte-americano que, via de regra, não vê muita coisa além do seu umbigo.

Qualquer sinal de políticas mais populares, mais democráticas, já é um alerta para que o medo se instale.

Falar em socialismo para os norte-americanos, isso é inadmissível. Falar em comunismo, é fatal.

O Biden, que se cuide!